sábado, 10 de junho de 2017

Espelhos


Aniki Bóbó (1942) de Manoel de Oliveira 

Ao pensar em filmes que tivessem como cenário o Porto apenas me recordava dos de Manoel de Oliveira. 
Numa pesquisa rápida, encontrei outros, a maior parte documentários, quase todos do princípio do século passado.

E penso duas coisas:
- que desperdício, estas pessoas e cidade merecem ser mais vezes gravadas numa película qualquer. 
- temos que contar as nossas histórias e ver as nossas coisas...


Sem comentários:

Enviar um comentário