terça-feira, 5 de setembro de 2017

Os Sapatos Vermelhos

(realizadores: Michael Powell, Emeric Pressburger)

"- Why do you want to dance?
- Why do you want to live?
- Well I don't know exactly why, er, but I must.
- That's my answer too."



Um conto de fadas de Hans Christian Andersen sobre uma mulher que calça um par de sapatos vermelhos que, enfeitiçados, não lhe permitem parar de dançar. Terá de dançar e dançar até ao fim.

Uma companhia de ballet, gerida por um empresário arrogante, frio e inflexível, inspira-se nesta história para criar o seu próximo bailado. E escolhe uma nova bailarina. O acordo é simples: será uma estrela se se dedicar por completo, prescindindo tudo o resto, à dança. Nada menos que isso é permitido.
Só que o amor acontece e quando se apaixona pelo compositor sofre as consequências. Qual irá prevalecer, o amor à dança ou o amor ao homem? Será que ela é livre para escolher?

Pela primeira vez, em 1948, um filme pára para uma sequência de dança que dura 17 minutos.

Este filme, sempre teve comigo um efeito hipnótico (já foi emitido várias na televisão e o comando deixou sempre de funcionar...)

Não esquecer a história do cinema.


Bom filme!

Sem comentários:

Enviar um comentário