sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Ribatejo


Poucas são as memórias de infância. Uma ou outra brincadeira, alguns amigos, os infindáveis passeios de bicicleta pela urbanização que por ser um fim em si mesma fazia com que a rua fosse um lugar seguro e a continuação do parque de recreios.

E algumas rotinas: chegado o tempo dos espargos, o meu pai e eu íamos apanhá-los num terreno perto de casa. A mudança de casa e cidade parou com estas coisas, quer por não existirem campos onde nascessem espargos selvagens quer porque o preço pago pela decisão conduziu a que, praticamente,  até à reforma, ele tenha passado dois terços do tempo deslocado em Lisboa ou no Porto.

Contudo, a memória está aqui e sempre que vejo espargos à venda não resisto e acaba por ser o jantar desse dia. 

Sim, é verdade, I am my father's daughter... 
(Procuro ainda uma mulher que tenha tido, em criança, uma pista de automóveis)

Fica aqui receita, à maneira dele (não os cozendo antes).


Ingredientes:
1 folha de louro
1 molho de espargos verdes
2 dentes de alho
6 ovos
azeite, sal e pimenta q.b.
Confeção:
Corte os espargos em pedaços pequenos. Bata os ovos, temperados de sal e pimenta. Leve o azeite ao lume numa frigideira, juntamente com o alho e a folha de louro. Deixe aquecer um pouco, até os alhos começarem a amarelar. Junte os espargos, coloque em lume brando, durante 15/20 minutos ou até amolecerem.
Junte miolo de pão em pequena quantidade mas suficiente para absorver o líquido que soltaram. Acrescente os ovos. Caso pretenda adicionar umas tiras de linguiça, paio ou presunto, faça-o aqui.
Envolva tudo e deixe cozer os ovos.

4 comentários:

  1. Pois é Anouk, chama-se a isto começar o dia com apetite;)

    Bom dia:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Legionário
      Não é engraçado como alguns pratos nos fazem lembrar pessoas e momentos da nossa vida?
      Ainda hoje sei o cheiro que a terra tinha... :))

      Eliminar
  2. E é bem bom, já fizeste para comermos em tua casa e eu gostei :)))) podes repetir quando quiseres, estás à vontade ;)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É só marcares o dia e a horas e faz-se outra vez ;). E junto a tomatada para provares e dizeres então depois que não gostas :))

      Eliminar