quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Ignorância

"Mas tu não vives neste mundo!"

Oh, como eu gostaria que fosse mesmo verdade. Alguns dias gostava mesmo que fosse verdade!

Já ouvi esta frase várias vezes mas uma vez foi porque não sabia quem era o Lourenço Ortigão. Desde então, testo algumas pessoas que conheço com esta pergunta e muitas falham. Não sei ainda se isto me faz "normal" ou se se escolho aqueles que também fazem parte doutra dimensão. O veredicto ainda está por decidir ...

4 comentários:

  1. Ignorar a própria ignorância é a doença do ignorante;)

    Olá Anouk, boa tarde:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, Legionário
      É uma doença santa ignorar o que se ignora. ;)
      Porém, com estas minhas ignorâncias dou-me muito bem :)))

      Eliminar
  2. No meu caso acho que sou é de outra galáxia!!!Porque às vezes sou tão inocente que enfim!

    Bom dia Anouk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))
      Boa noite, Sol Negro
      Manter uma certa inocência é uma coisa boa! Significa que ainda se retém (o olhar) da criança que fomos.
      Eu cá tenho o hábito de viajar e ausentar-me para outros mundos, daí a frase recorrente :))).
      Bom fim-de-semana ;)

      Eliminar