domingo, 21 de janeiro de 2018

Mother!


"mãe: O que me dói mais foi não ter sido suficiente. 
Ele: A culpa não é tua. Nunca nada é suficiente. Se fosse, não poderia criar. E tenho de criar. É o que eu faço."
Mother!, Darren Aronofsky





É, sobretudo, uma alegoria da Bíblia mas reduzi-lo a esta interpretação apenas é muito redutor.
Confesso que estava reticente. No fim, gostei e recomendo.
(Meu Deus, aquela câmara sempre no ombro ou em cima da cara da Jennifer Lawrence!)

Bom filme!


Sem comentários:

Enviar um comentário