segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Desculpas

É preciso um pretexto para juntar uns amigos em casa e jogar conversa fora? Não, mas é um bom dizer que é para ver um filme. Aceitarei, sempre. A escolha pode sair do meu catálogo ou de outro sítio qualquer. E dar-me-á prazer pôr a mesa para o lanche e aguardar a chegada de cada um. Não é preciso trazer nada, apenas aparecer. Isso basta, farei o resto. Isto é algo que se está a transformar num hábito, daqueles bons.

Hoje, recebi um filme como presente, revi uma amiga que fiz a 10 mil kms daqui, provando que é possível manter o contacto com alguém muitos meses depois do fim das férias e demos algumas gargalhadas valentes.

Não é preciso inventar razões, todos os dias podem ser Carnaval.

8 comentários:

  1. Muitas e boas gargalhada, essa é que é essa!! E sim, é um hábito bom :) eu gosto dos comentários no meio do filme e da algazarra antes e depois ;))

    ResponderEliminar
  2. :)))
    Os no meio do filme, não, pá! Tive de fazer o rewind, duas vezes, porque não havia maneira de se calarem. Qualquer dia, demoramos 4 horas para os acabar! Vocês dão cabo de mim, depois não se zanguem se vier um shummmm bem sonoro :))))

    ResponderEliminar
  3. ahahahah... mas isso também tem piada!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok, ok. Só estou a avisar. Ele sai mais cedo ou mais tarde! Olha, da próxima vez que ouvir- Mas isto não tem lógica nenhuma. :))))

      Eliminar
    2. Ahhhh mas quando não tem não vai ser fácil calar-me... sabes que funciono em muita coisa com lógica, por isso isso salta-me à vista, as incongruências :P

      Eliminar
    3. Go with the flow, go with the flow. :)). Não haver lógica, é lógica também ;)

      Eliminar
  4. "Não é preciso inventar razões, todos os dias podem ser Carnaval."

    Podes crer Anouk, que para muita gente é Carnaval todos os dias, pois andam "disfarçados" a vida toda;)

    Bom dia, Anouk:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Legionário
      Essa frase é mais no sentido da festa. E duma festa que não requer que saia do quentinho da minha casa :)).
      Quanto aos disfarçados, há dois tipos: os que se disfarçam para enganar e os que se disfarçam para se proteger. Temos de ser sábios para perceber a diferença. São atitudes completamente diferentes.
      ;)

      Eliminar